Buscador

 

Poemas rotos, para evitar las huellas

de los sueños traicionados

Versos que resurgen insidiosos,

sin alas para escapar de la almohada.

y que no llegaron a escribirse

por pereza,

durante la vigilia infructuosa de un sueño.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s